Celular

Atualizado em
Leitura 4 min

Como fazer portabilidade?

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Como fazer portabilidade: homem olhando celular

Você tem dúvidas sobre como fazer portabilidade de um número de telefone? Essa é uma questão bastante comum, já que trata-se de um serviço que não é realizado de forma tão recorrente. Contudo, é algo bem simples de ser feito, os pontos de maior atenção estão na decisão pela troca de operadora e na escolha do plano ideal.

Por isso, neste artigo, vamos explicar o que é a portabilidade e como solicitá-la tanto para telefonia fixa quanto para a móvel. Ao final, ainda daremos dicas para que você consiga fazer a melhor escolha para o seu perfil de usuário e tenha os seus problemas de comunicação resolvidos. Confira!

O que é portabilidade?

A portabilidade é um recurso que, na telefonia, permite que o cliente mantenha o seu número ao trocar de operadora. É bastante utilizado quando a prestadora de serviços de telecomunicação não é capaz de atender as necessidades de um usuário, que tem a liberdade de buscar o que precisa em um concorrente.

Para muitas pessoas, esse é um fator de extrema importância. Imagine uma pessoa mais idosa que tem seu número de telefone há mais de 20 anos, toda a família e amigos já sabem esse número de cor. Ou ainda, um profissional que tem uma grande quantidade de clientes e cartões de visitas impressos com seus números de contato. Para esses e outros casos, a mudança de número gera um impacto muito grande.

Como solicitar a portabilidade do meu número?

Cada operadora conta com regras específicas para realizar o processo de portabilidade, por isso, é importante verificar os detalhes diretamente com a empresa que deseja contratar. Contudo, existem pontos que são comuns a todas, como você pode ver a seguir.

Pré-requisitos para fazer a portabilidade

Antes de fazer a portabilidade de um número, é imprescindível que você seja o titular da conta. O processo de transferência de uma operadora para a outra só pode ser realizado para um mesmo CPF. A alteração de titularidade é um outro serviço que deve ser feito antes ou depois da portabilidade, nunca ao mesmo tempo.

Outro fator importante a ser ressaltado é que a linha precisa estar ativa e regularizada junto à operadora de origem. Isso significa que não podem haver pendências, como pagamentos em atraso ou irregularidades no cadastro. Tudo precisa ser resolvido antes da migração.

Documentação exigida

A documentação exigida é bastante simples, similar à contratação de uma nova linha. Será preciso entregar cópias de documentos de identificação e, principalmente, uma comprovação de titularidade da linha que terá a operadora alterada. Isso pode ser obtido por meio de contas ou formulários disponibilizados pelas prestadoras.

Passo a passo para fazer a portabilidade

Depois de decidir para qual operadora a sua linha será migrada, o primeiro passo é entrar em contato com a operadora de destino. Essa etapa pode ser realizada presencialmente, em uma das lojas conveniadas, ou por meio dos canais de atendimento oferecidos pela empresa:

Durante o contato, você será orientado sobre a documentação específica e o processo que será seguido. Habitualmente, a própria operadora encaminha a solicitação de transferência da linha para a antiga e, em alguns dias, a migração é finalizada. É comum receber um contato da operadora atual para confirmar a solicitação, como medida preventiva contra fraudes.

O que levar em consideração antes de trocar de operadora?

Antes de fazer a troca de operadora, é importante considerar alguns pontos para não acabar passando pelo mesmo problema junto à nova prestadora. Acompanhe.

Entenda qual é a sua insatisfação com a operadora atual

O primeiro passo é entender o que realmente está afetando a sua experiência na operadora atual. De nada adianta mudar de empresa e acabar encontrando o mesmo problema na prestadora escolhida.

Algumas situações são mais simples de identificar, como a falta de cobertura de sinal, outras um pouco mais complexas, como os serviços oferecidos nos pacotes contratados. Por isso, é preciso saber como se dá seu consumo de minutos e de dados, quais são os aplicativos que mais usa, os tipos de chamadas mais recorrentes, enfim, definir seu perfil de usuário.

Faça uma pesquisa minuciosa sobre as outras operadoras

Depois de saber o que você precisa, a próxima etapa é pesquisar o que cada uma das operadoras oferece. Conheça as promoções e ofertas, os canais de atendimento e, se possível, converse com outros clientes e pergunte sobre a experiência que eles têm em relação à operadora. Lembre-se que o preço nunca deve ser o único fator de decisão.

Avalie os detalhes de cada plano disponível

Além de analisar as operadoras, é importante avaliar os planos oferecidos por cada uma delas. Em muitos casos, o ponto de diferenciação mais relevante está justamente nesse quesito. Procure se informar sobre o que cada pacote oferece e a que preço. Nem sempre os pacotes maiores são os melhores, pois isso depende do quanto será utilizado.

Analise os prós e contras de cada operadora

Por fim, é hora de comparar todas as informações coletadas para encontrar a operadora e o plano ideal para o seu perfil de uso. A sua decisão deve estar embasada nesses dados para que não hajam surpresas depois da migração. Cada detalhe é importante para que a solução do seu problema não acabe se tornando um novo problema.

Agora que você já sabe como fazer portabilidade em planos de telefonia móvel e fixa, a próxima etapa é colocar esse aprendizado em prática. Comece identificando seu perfil de uso, entenda as suas necessidades e, em seguida, avalie as opções disponíveis no mercado. Tomando todos esses cuidados, o processo de mudança será muito mais tranquilo e eficiente.

Então, gostou das dicas? Como pôde ver, são muitos detalhes a serem observados, principalmente durante a pesquisa a ser feita junto às operadoras. Nada melhor do que contar com uma ferramenta que facilite seu trabalho e ajude a encontrar o plano de telefonia ideal para você. Conheça o Comparador de Planos e faça uma escolha consciente.

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.

celular/como-fazer-portabilidade
4.810