Celular

Atualizado em
Leitura 3 min

Por que não utilizar o celular ao acordar?

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Mulher usando o celular ao acordar

O modo de despertar todos os dias diz muito sobre como será o dia, se tratando de disposição e humor. Quem sai da cama com tranquilidade, respeitando o tempo do corpo e da mente está propenso a ter um dia mais agradável.

Utilizar o celular ao acordar pode ser uma das piores ações pela manhã, pois além do impacto física, de uma luz forte que prejudica a visão, as notícias sem filtro nas redes sociais, condicionam o pensamento, antes mesmo de uma boa xícara de café.

Saiba porque você não deve utilizar o celular ao acordar? Continue lendo para entender as consequências negativas desse hábito e veja como melhorar o seu dia com algumas mudanças!

Um erro comum e prejudicial: utilizar o celular ao acordar

A tecnologia é um bem enorme para a sociedade a nível mundial, mas, a cada dia, as pessoas estão se tornando reféns dos recursos digitais. Dificilmente, se verá alguém sem um smartphone nas mãos.

Seja para ouvir músicas, seja para estudar, trabalhar, buscar informações ou trocar mensagens instantâneas, o fato é que o mundo inteiro está de alguma forma, conectado, além do que é considerado saudável.

Um dos hábitos mais praticados, considerado por especialistas como prejudicial à saúde física e mental, é utilizar o celular ao acordar. Isso, porque, logo pela manhã, o cérebro está despertando e se preparando para os acontecimentos do dia.

Mal acordar e já ligar o celular para verificar as notícias, é uma antecipação dos acontecimentos positivos e negativos. Como as páginas de internet ou redes sociais não possuem um filtro de publicações, você não terá a chance de filtrar o que deseja ver primeiro.

Infelizmente, com tantas ocorrências ruins, mundo afora, os conteúdos nem sempre favorecem sentimentos otimistas. Se você está acostumado a checar e-mails antes mesmo de ir para o trabalho, perceba que está iniciando a jornada fora do seu expediente.

O cérebro não desliga e as consequências podem surgir em médio e longo prazo, quando a visão começar a dar sinais de cansaço e o comportamento mudar com oscilações no humor e no estado de espírito.

Impactos de um hábito involuntário

O automatismo é o grande problema de quem utiliza o celular 24 horas por dia. As pessoas nem percebem que estão “viciadas” no hábito de verificar o celular a cada minuto. 

É preciso entender que as mensagens podem esperar e que deixar de ter acesso a uma notícia não vai fazer de você alguém menos atualizado. A necessidade de ter informações em primeira mão deixou de ser um comportamento dos jornalistas atrás do furo de reportagem.

A velocidade com que circulam as informações transformou o modo como as pessoas se relacionam com as novidades. O estado de urgência instaurado na vida humana não permite mais que algo seja uma gostosa surpresa.

A espera saudável deu lugar a uma ansiedade sem medidas, causadora de uma conduta dependente. Com isso, as pessoas já levantam pensando em situações críticas, soluções mirabolantes, sem se dar o tempo para digerir e refletir com cautela.

Como a maioria dos brasileiros acorda muito cedo, é bem provável que ao despertar ainda esteja escuro. A luz azul da tela do celular, ao passo que serve para despertar, pode também prejudicar a visão no futuro.

Outro fator negativo é que, ao utilizar o celular ao acordar, há um risco grande de perda do foco no que é prioridade para o dia. O planejamento do dia anterior pode ser deixado de lado com as novas informações.

Se você tem um trabalho rotineiro, saiba que sua produtividade e motivação, podem ser afetadas pelo seu estado de humor e cansaço físico. É isso mesmo, as informações desagradáveis podem trazer desânimo, irritação e sensação de fadiga ao longo do dia.

Dicas para não utilizar o celular ao acordar

Um hábito é algo difícil de mudar de uma hora para outra, não é mesmo? Se você é o tipo de pessoa que não vive sem o seu celular ou que não consegue deixar de conferir as notícias de tempos em tempos, não será fácil alterar a rotina.

A força de vontade aliada ao desejo de cuidar da saúde física e mental, são primordiais para que você consiga deixar de utilizar o celular ao acordar. Pode não ser fácil, mas com um esforço contínuo você terá êxito. Quer umas dicas?

Não faça do celular uma prioridade

Durante muito tempo vivemos sem a conexão de internet e sem a tecnologia avançada dos smartphones. O despertador pela manhã era o galo do vizinho ou um aparelho com funções específicas para esse fim.

As notícias eram lidas em jornais impressos, que nem sempre chegavam em tempo real. Muito mudou de lá para cá, mas todas essas possibilidades continuam aí, ativas. O que mudou foi o comportamento de fazer do celular um recurso centralizados e indispensável.

Tente alterar esse cenário, transformando suas manhãs em algo mais prazeroso, com tempo para um banho, um café mais demorado e reflexão sobre a vida e o que você precisa fazer ao longo do dia.

Durma com o celular longe do seu alcance

Compre um despertador de verdade e deixe o celular longe de você não hora em que for dormir. Mesmo com uma vontade de conferir as redes sociais até tarde ou já acordar, desejando saber o que está acontecendo, você terá mais desânimo de levantar para pegar o celular.

É claro que esse hábito não mudará da noite para o dia. É preciso insistir, quantas vezes forem necessárias, até que seu cérebro entenda que já não deve mais fazer seu corpo levantar para colocar o celular ao alcance.

Desative as notificações

O barulhinho das notificações estimula a vontade de conferir o teor de uma mensagem ou de novas postagens. Sem ouvir as notificações, você não vai mais sair correndo para verificar do que se trata.

O celular no silencioso vai possibilitar que você se concentre no que é importante de verdade, deixando para ver os assuntos secundários das redes sociais em momento apropriado, ou seja, nas horas vagas.

Importante: Se alguém precisar falar com você com muita urgência, a principal função do celular, que é a telefonia, estará ativa, logo, uma ligação será suficiente para resolver qualquer problema.

Deixar de utilizar o celular ao despertar é uma decisão que exige uma reflexão sobre a saúde e o que você deseja absorver de conteúdo no início do dia — quanto mais saudável o seu estilo de vida, maior o seu estado de bem-estar e leveza.

Se você gostou deste post deixe aqui um comentário sobre utilizar o celular ao acordar e como acredita que deve ser uma rotina saudável!

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.