Internet Lenta: como resolver o problema?

Internet fibra ótica ultra rápida com telefone e TV de qualidade?
Ligue para a Vivo já!

0800 878 2312
Cabo com internet lenta

Preparamos um guia fácil e rápido para você não sofrer mais com problema de internet lenta

Parece até cena de comercial: bem no meio do seu programa favorito, aquele sinal de carregamento aparece indicando que a sua conexão está com problema. Em outras palavras, é o já conhecido problema de internet lenta

. Nesses casos, o que fazer? Nós preparamos um guia para solucionar essa e outras questões sobre o assunto.

Por que a internet fica com conexão lenta?

Existem uma série de razões que podem comprometer a velocidade da sua internet. A primeiro delas é a quantidade de megas (MB) ou gigas (GB) contratada no seu plano de internet e que, quando chega ao limite de uso, a velocidade de navegação é reduzida.

O que muita gente não sabe é que, além dessa causa, existem outros motivos que podem contribuir para conexão lenta da internet. São elas:

Roteador posicionado de forma errada

O local onde o roteador do Wi-Fi é instalado na sua casa interfere diretamente na qualidade da conexão com a internet. Se os dispositivos conectados à rede estiverem mais distantes do aparelho, a eficiência na conexão se torna menor, contribuindo para ficar com a internet lenta.

Para esses casos, o mais recomendável é conferir, no ato da contratação de seu plano de internet, se é possível instalar mais de um ponto de conexão pela casa, contribuindo para que a distribuição do Wi-Fi possa ser mais efetiva, diminuindo os riscos de conexão lenta com os dispositivos com acesso à internet.

Excesso de acessos simultâneos

A internet lenta também pode ser causada pela alta quantidade de acessos para um mesmo roteador. Esse problema pode ser solucionado contratando planos que ofereçam maior banda larga e, em alguns casos, com possibilidade de instalação em mais de um ponto da casa, permitindo uma melhor distribuição da banda disponível.

Objetos que causam interferência no sinal

Além da posição que o roteador está na casa, é preciso tomar cuidado para que ele não fique muito próximo de objetos ou locais que causem interferência no sinal. É o caso, por exemplo, de janelas e vidros, que podem bloquear o sinal de transmissão e, assim, prejudicar a conexão com internet.

O mesmo cuidado vale para espelhos, por terem compostos de lâminas de metal, encanamentos ou locais com presença de água. Tanto o metal quando a água podem absorver as ondas de rádio vindas do roteador, prejudicando a qualidade da internet.

Fiação antiga

Se o sistema de transmissão de energia elétrica da sua casa não está com a vistoria em dia, é possível que isso comprometa a conexão da internet, provocando falhas.

Vírus ou malware

A presença de vírus e malwares nos seus dispositivos, seja computadores, seja tablets e celulares, pode interferir na segurança e na qualidade da sua internet. Por isso que é tão importante manter o seu antivírus atualizado.

O que fazer nestes casos?

Se mesmo com todas as razões que listamos, você ainda tiver problemas com internet lenta, é possível testar a velocidade contratada com

teste de velocidade de internet. Com ele, é possível avaliar se o serviço que adquiriu cumpre com a qualidade que lhe foi prometida.

Vale lembrar que existe uma velocidade mínima definida para banda larga, que é de 40% do contratado em pelo menos 95% dos acessos. Isso significa que, se você contratou um plano de 10 mbts (megabits por segundo), o seu provedor de internet precisa oferecer, em 95% dos acessos, uma velocidade de pelo menos 4 mbts. Além disso, a velocidade média não pode ser inferior a 80% da máxima contratada. Ou seja, pegando de novo nosso exemplo: a velocidade média precisa ser, na maioria dos casos, de 8mbts.