Celular

Atualizado em
Leitura 3 min

Qual o melhor celular para idoso?

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Idosos rindo e usando o celular

A terceira idade já não é composta apenas de velhinhos frágeis e isolados em suas residências. Muitos são independentes, com vida social ativa, por isso, utilizam muito o celular para se comunicar com familiares e amigos.

A conectividade está presente no dia a dia, por isso, pode não ser tão fácil definir qual o melhor celular para idoso. É preciso considerar alguns aspectos e limitações, para comprar um aparelho que seja útil e funcional.

Quer saber qual o melhor celular para idoso? Trouxemos uma lista de marcas e modelos para ajudar nessa escolha. Continue lendo, compare os detalhes e funcionalidades antes de bater o martelo!

Principais necessidade dos idosos em relação à celulares

Com o tempo, algumas tarefas, antes fáceis, passam a dar sinais de dificuldade, devido ao avanço da idade. As mãos começam a tremer, a visão perde um pouco do foco e os idosos precisam de um cuidado especial na vida cotidiana.

Mesmo com limitações, muitos fazem questão de manter suas rotinas e não abrem mão de modernidades, como ter um celular, por exemplo. Os idosos gostam de passar o tempo no WhatsApp ou lendo notícias nas páginas da internet.

Por isso, algumas fabricantes, percebendo o crescimento do público da terceira idade, vem lançando celulares mais adequados. As funções, configurações e características desenvolvidas ajudam na escolha do melhor celular para idoso.

Aparelhos com botão de SOS, emissão de sinal sonoro, iluminação mais forte, teclas grandes e telas maiores para facilitar a leitura, são alguns dos pontos que favorecem o uso e a adaptação para um idoso.

Marcas como Apple, LG, Multilaser, Motorola e Samsung já disponibilizam modelos com diferentes funções de adaptação a necessidades que incluem a visão, a audição e a coordenação motora.

O melhor celular para idoso: modelos, características e funções das marcas

Enquanto para alguns idosos a função touchscreen é uma verdadeira tortura, para outros a facilidade de uso é notável. Da mesma forma, que redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas podem ser a alegria ou não fazerem nenhum sentido.

Os modelos de celulares e smartphones foram criados e desenvolvidos para os idosos, pensando nas preferências, diferenças e facilidades de uso. O estilo de vida e relacionamento com a tecnologia vão colaborar para a escolha certa.

Moto X Play

Tela: 5.5 polegadas touchscreen

Esse é um modelo de tela ampla, com letras e ícones dos aplicativos maiores que o dos outros aparelhos. É um recurso que facilita a visualização e a localização das informações mais importantes.

Com um processador potente o aparelho permite a instalação de aplicativos de jogos, pois muitos idosos gostam desse tipo de entretenimento. Como é um smartphone, a internet funciona perfeitamente possibilitando postagens no Facebook, ver vídeos no YouTube e conversar no WhatsApp, por exemplo.

DL YC-110

Tela: 1.8 polegadas física

Ideal para idosos com a visão comprometida pela idade, pois as teclas são grandes e em relevo, que facilitam o toque e a digitação. Os cinco números mais importantes ficam armazenados no início para o caso de emergência ou necessidade, quando acionado o botão vermelho no teclado.

Multilaser MS50 Senior

Tela: 5.0 polegadas touchscreen

Nesse aparelho, mesmo sendo função touchscreen, os números do teclado e ícones da tela são grandes o suficiente para auxiliar o uso por um idoso. Sem um processador potente, não é recomendado para comportar um número grande de aplicativos.

Multilaser View TV P3266

Tela: 2.4 polegadas física

Um aparelho simples, com funções básicas, mas que oferece um diferencial – tem TV. É ideal para o idoso que adora assistir à programação televisiva. As teclas me relevo facilitam o manuseio e a visualização dos números e letras.

Motorola Moto Z

Tela: 5.5 polegadas touchscreen

A tela é grande e a bateria dura muito. Com a programação de voz incluída, o idoso pode desbloquear e tela pelo comando sonoro, assim como programar alarmes e efetuar ligações. São funcionalidades importantes e prática no dia a dia de uma pessoa idosa.

Samsung Galaxy J7 Prime

Tela: 5.5 polegadas touchscreen

Um destaque para a tela grande e para a possibilidade de aumentar as letras e os ícones dos aplicativos utilizando as configurações do aparelho. Na tela inicial, somente o que for mais importante – é funcional, prático e possibilita o uso simplificado do Facebook e WhatsApp.

Positivo P70 

Tela: 2.4 polegadas física

O aparelho com botão para WhatsApp, ideal para idosos que desejam usar internet e recursos como o WhatsApp, mas não se dão bem com uma tela touchscreen. As funções são básicas, mas bastante eficientes – permite dois chips e acesso 3G à internet.

Lemon Sensi 2G LM-754

Tela: 1.8 polegadas física

Esse aparelho dispõe de um botão SOS, que quando acionado, faz contato com os números cadastrados para situações emergenciais. As teclas são digitáveis e possuem som — a cada número digitado, o aparelho emite o som correspondente — para facilitar o uso do idoso com problemas auditivos.

Positivo Dual P28

Tela: 2.8 polegadas física

As teclas grandes e em relevo são mais separadas umas das outras para evitar que um número seja digitado, equivocadamente. É um aparelho mais fino, leve e fácil de manusear.

Multilaser Vita 2 Dual P9016

Tela: 2.2 polegadas física

Com o tipo de tela LCD esse aparelho reduz o cansaço dos olhos. Além das teclas grandes, com botões separados, a função SOS está disponível para criar uma estratégia de segurança para o idoso. As funções são básicas, mas atendem perfeitamente idosos que não se sentem confortáveis com tanta modernidade.

LG G4 Stylus

Tela: 5.7 polegadas touchscreen

Uma das maiores telas, os ícones e letras são aumentados proporcionalmente. Uma caneta de toque na tela, acompanha o aparelho. Um idoso com dificuldades de digitação, contará com o auxílio da caneta para realizar chamadas ou escrever mensagens de texto.

Com a descrição desses modelos, agora ficou mais fácil saber qual o melhor celular para idoso. Não esqueça de observar sobre os itens de acompanhamento. Acessórios como capa, película e fones de ouvido (com cobertura da orelha) são relevantes para a segurança e comodidade do idoso.

Gostou do post? Que tal deixar aqui um comentário com as suas impressões sobre o uso desses celulares por um idoso ou como ele deve se relacionar com a tecnologia!

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.