Celular

Atualizado em
Leitura 3 min

Pós-pago ou pré-pago: qual é o plano ideal?

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Mulher com expressão de surpresa vendo o celular

Você sabe quais são as diferenças entre os planos pós-pago e pré-pago de telefonia celular? Conhecer os detalhes de cada um pode ajudar a economizar um bom dinheiro no final do mês, sem prejudicar as suas necessidades de comunicação do dia a dia.

Neste artigo, vamos falar sobre as características de cada um deles, quais são seus prós e contras e qual deles é o mais indicado para você. Confira!

Como funciona o plano pós-pago?

A principal característica do plano pós-pago é que o pagamento dos serviços é feito após o uso. Ou seja, primeiro você utiliza os serviços de voz e de dados e, na data acordada, são feitos os cálculos de consumo para definição do valor a ser pago. Algumas pessoas chamam essa modalidade de “celular de conta”. Além disso, o plano pós-pago confere dois benefícios importantes, como mostramos abaixo.

Mais liberdade

O celular pós-pago não define uma limitação de uso dos recursos, tanto de voz quanto de dados. Isso significa que você pode realizar quantas ligações desejar e navegar à vontade na internet, sem ter medo que a conexão seja interrompida por falta de créditos.

Imagine, por exemplo, que esteja no meio de uma ligação muito importante de trabalho, quase fechando uma venda, ou que esteja perdido em algum lugar e precise da internet para se localizar ou pedir ajuda. Seja qual for o cenário, as limitações podem trazer grandes prejuízos e, no caso do pós-pago, você pode usar mais dados que serão posteriormente contabilizados na conta.

Mais recursos

Os planos pós-pagos de telefone são sempre cheios de vantagens adicionais que deixam o dia ainda melhor. Além de contar com uma rede de voz de alta qualidade e mais velocidade e capacidade de conexão, as principais operadoras do país se unem a outras empresas para oferecerem ainda mais recursos.

Em geral, esses benefícios incluem acesso liberado a aplicativos de música, como o Spotify ou Deezer, a conteúdos de revistas e jornais e muito mais.

Como funciona o plano pré-pago?

O plano pré-pago funciona de forma oposta ao pós-pago. Primeiro é feito o pagamento de créditos que são disponibilizados por um tempo determinado, que varia conforme a operadora. Esses créditos são utilizados para realizar ligações, acessar a internet e para pagar serviços de terceiros contratados via SMS. 

Quando surgiu, ficou conhecido como “celular de cartão”, já que o código com os créditos vinha em cartões, parecidos com os de telefones públicos. Veja mais características do plano pré-pago.

Melhor controle dos gastos

O principal benefício do pré-pago é ter o controle dos gastos com o celular. Assim, fica mais fácil estabelecer um limite que não afete o orçamento mensal. Basta adquirir os créditos e utilizá-los até que acabem. Sem surpresas no final do mês.

Uso limitado de recursos

A própria forma como o pré-pago funciona faz com que os recursos tenham uma certa limitação. A primeira delas está atrelada aos créditos disponíveis. A partir do momento em que não houver mais saldo, não é mais possível realizar ligações, acessar a internet ou mesmo enviar um SMS. 

As operadoras contam com diversos pacotes de planos pré-pagos que ajudam a minimizar os impactos dessas limitações, tais como o direito a mais minutos, contratação facilitada de pacote de dados extras e até mesmo acesso ilimitado a algumas redes sociais.

Quais são os prós e contras de cada um deles?

Agora que você já sabe como funciona cada um dos tipos de plano de telefonia móvel, vamos conhecer suas principais vantagens e desvantagens.

Vantagens e desvantagens do plano pós-pago

A grande vantagem do pós-pago é a liberdade de consumo que o plano proporciona. Saber que pode demorar o quanto precisar em uma ligação e que terá acesso à internet durante todo o mês estão entre os pontos que mais atraem clientes para as operadoras.

Por outro lado, esses são os planos mais caros. Além do valor de base ser um pouco alto, existe sempre a incerteza sobre o valor final da conta. Afinal, quanto mais usar, mais cara ela virá.

Vantagens e desvantagens do plano pré-pago

O plano pré-pago é a forma mais barata de se manter comunicável pelo celular. Os gastos vão sendo controlados na medida em que os créditos são adquiridos e, assim, cada pessoa consegue definir qual é a melhor periodicidade e valores.

A única desvantagem realmente importante é a limitação que esse tipo de plano gera. Quem tem um pré-pago tem que ficar atento ao consumo de minutos e de dados para não ficar sem. 

Qual é plano é melhor: pós-pago ou pré-pago?

Diante de tudo o que vimos até aqui, a escolha do melhor plano vai depender do perfil de cada pessoa. 

Pós-pago para quem usa muito e quer mais liberdade

Você é do tipo de pessoas que usa bastante o celular? Realiza várias ligações ao longo do dia, precisa ter acesso à internet de qualidade o tempo todo e está disposta a pagar por toda essa comodidade? Então o plano pós-pago é o ideal!

Com ele, você poderá fazer chamadas à vontade e navegar sem se preocupar com o fim do pacote de dados. Quem opta por essa modalidade de plano está em busca de tranquilidade e não se importa com o quanto pagará por isso, em um primeiro momento.

Pré-pago para quem usa pouco e precisa controlar os gastos

Agora, se você é do tipo de pessoa que está sempre atenta aos gastos e consegue viver muito bem com um plano mais básico, é melhor contratar um pré-pago. As operadoras estão cada dia mais empenhadas em oferecer melhores produtos e serviços nessa modalidade, sem perder o foco na economia.

Apenas tenha em mente que será preciso ficar atento ao consumo para não acabar passando por alguma situação desagradável. Sabendo controlar o quanto usa de cada serviço e as datas de recarga, tudo fica mais fácil.

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.