O que aconteceu com a GVT? Saiba tudo aqui

Internet fibra ótica ultra rápida com telefone e TV de qualidade?
Ligue para a Vivo já!
0800 878 2312
GVT

A GVT era uma marca conhecida no Brasil todo, mas para muitos, ela sumiu sem dar indícios e, quando procuram por algum produto, não encontram nada.

Mas não fique confuso. Neste post, você vai saber tudo que a aconteceu com a GVT, desde sua criação, até quando ela deixou de existir. Confira!

O que era a GVT?

A Global Village Telecom, mais conhecida como GVT, era uma operadora de telecomunicações brasileira que existiu por 16 anos, de 2000 a 2016. Tinha forte atuação no Brasil, principalmente, na região Sul do país, mas atuava em mais de 146 cidades, em 20 estados brasileiros, mais o Distrito Federal.

A GVT oferecia telefonia fixa, TV por assinatura e internet banda larga para o seus clientes, sendo uma das pioneiras no mercado ao aderir a fibra óptica em larga escala na sua internet residencial.

Quando foi vendida em 2015, a GVT aparecia como a mais recomendada no país, por seus clientes de internet e telefonia fixa, de acordo com um estudo feito pela CVA Solutions Telecom, no mesmo ano.

Seu antigo CEO e Fundador, Amos Genish, depois que vendeu a companhia, também ocupou o cargo mais alto na TIM e na Vivo. Hoje, é sócio do BTG Pactual, onde ingressou para liderar a área de varejo digital da companhia.

Quem comprou a GVT?

A GVT foi adquirida em 2015 pela Telefônica, e incorporada à Vivo, que é a marca da companhia espanhola no Brasil. A Vivendi, corporação que controlava a GVT, como parte da venda, adquiriu 5,7% em ações da Telecom Italia, empresa que a Telefônica é acionista majoritária.

Com a compra, a Vivo expandiu para vários municípios do Paraná, onde a GVT era muito forte, além de ampliar seu quadro para mais 30 mil funcionários, na época.

Depois que a venda foi feita, a fusão entre as companhias começou. O plano inicial era manter a marca GVT por mais três anos, mas isso não aconteceu, porque os executivos não queriam deixar a impressão que eram duas empresas distintas. Chamar a empresa adquirida de GVT Vivo foi até uma opção, mas também não foi para frente. Com isso, a GVT deixou de existir, oficialmente, em abril de 2016.

Posso renovar meu plano da GVT?

Se você tinha um plano da GVT, agora ele é Vivo, como você deve ter visto na logomarca presente na sua fatura, ou na comunicação com a operadora. Os benefícios, provavelmente, se mantiveram, mas o nome do seu plano foi atualizado.

Na prática, você conseguirá renovar seu plano da GVT, mas com um nome diferente, diretamente com a Vivo.

Ainda posso ter a internet GVT?

A GVT Internet não está mais disponível no mercado, mas você pode adquirir a Vivo Fibra, que é a evolução desse produto.

É uma conexão banda larga, que usa fibra óptica para oferecer o serviço. É uma das melhores tecnologias no mercado, por não sofrer com interferências eletromagnéticas.

Quando falamos em cobertura de internet, a Vivo incorporou todos os pontos que a GVT tinha. Então, se a GVT já esteve disponível na sua região, é quase certo que a Vivo também esteja. Se quiser ter certeza, é só perguntar para o vendedor se o plano da Vivo que escolheu está mesmo disponível para sua casa.

A Vivo tem a mesma qualidade dos produtos da GVT?

Quando a Vivo incorporou todas as tecnologias da GVT ao seu negócio, foi mais fácil aprimorar os serviços para os clientes de ambas as marcas.

A Vivo Fibra, hoje, é uma das conexões mais procuradas, e é conhecida por manter uma estabilidade boa, com sua fibra óptica.

Quer saber mais sobre os planos que a Vivo oferece? Entre na nossa página GVT Internet, e conheça as melhores ofertas!