Internet

Atualizado em
Leitura 4 min

O que é Internet das Coisas?

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Internet das Coisas: aparelhos conectados pelo celular e internet

Vivemos em meio a uma revolução tecnológica, onde tudo se encontra cada vez mais conectado. Já parou para pensar que atividades simples, como assistir TV ou dirigir um automóvel, já não são mais realizadas como eram há dez anos atrás? Agora, essas e outras ações cotidianas se tornaram muito mais dinâmicas, simples e interativas e parte disso se deve ao avanço que a Internet das Coisas (IoT) tem proporcionado ao mundo. 

A IoT sem dúvidas já é uma realidade. Segundo o Gartner, uma das consultorias mais importantes do mundo, a estimativa é de que até o final deste ano mais de 26 bilhões de dispositivos estejam conectados. Além disso, estima-se que em cinco anos essa marca supere a marca de 100 bilhões de objetos. Portanto, a conectividade talvez seja um dos conceitos mais importantes dessa era que estamos vivendo. 

Por meio de softwares inteligentes e sensores, como bluetooth e GPS, que são adicionados aos dispositivos que fazem parte do nosso dia, essa tecnologia tem feito com que a conexão entre objetos físicos, usuários e internet se torne constante. Como isso, o que até pouco tempo atrás poderia ser considerado apenas ficção científica, hoje é um mercado que cresce exponencialmente

Mas, de fato, o que é a Internet das Coisas? Como podemos vê-la aplicada em nosso dia a dia? Conheça mais sobre essa tecnologia tão inovadora a seguir. 

O que é Internet das Coisas?

Definida como uma infraestrutura de grande porte que permite conectar objetos físicos e virtuais em rede através de tecnologias de comunicação e captação de dados, a Internet das Coisas possibilita que pessoas, dispositivos móveis, wearables, eletrodomésticos, residências e carros, por exemplo, sejam conectados e se comuniquem de maneira inteligente

O termo, criado em 1999 pelo pesquisador britânico Kevin Ashton, começou a ganhar aplicações práticas consistentes mais de uma década depois, em meados de 2010. E com o passar dos anos, cada vez mais as empresas começaram a usar a IoT para conseguir desenvolver soluções inovadoras para inúmeras atividades que fazem parte de nossas rotinas diárias.  

A Internet das Coisas é como uma extensão capaz de conectar com a internet os objetos que fazem parte do dia a dia. Com isso, é possível controlar e realizar ações, como acender e apagar a luz, fechar e abrir uma cortina e ligar ou desligar uma caixa de som  a partir de comandos feitos no celular ou tablet. Para isso, basta apenas que os dispositivos estejam conectados à uma rede wi-fi ou 3G/4G/5G.  

Mas quais objetos podem ser conectados e controlados remotamente? Quais são as aplicações de IoT mais comuns atualmente? Confira a resposta para essas perguntas a seguir.

Aplicações da Internet das Coisas

A Internet das Coisas já está mais presente em nossas vidas do podemos imaginar. Smartwatches (relógios inteligentes), pulseiras fitness, Smart TVs, geladeiras inteligentes, robôs aspiradores e iluminação automática são alguns exemplos de aplicações dessa tecnologia que já são usados por milhares de brasileiros.  

Gigantes do mercado, como a Samsung, já vem investindo em produtos inovadores com base em IoT há algum tempo. O refrigerador Family Hub, que tem como intuito se tornar um centralizador de informações da família, é uma das grandes apostas da empresa nesse sentido. Com inúmeras funcionalidades e recursos inteligentes, a geladeira permite fazer anotações rápidas, incluir lembretes no calendário e consultar, através do smartphone, o que há dentro do eletrodoméstico sem a necessidade de estar perto para poder abri-lo. 

Outra grande empresa que tem investido fortemente em conectividade é a Xiaomi. Considerada uma das maiores forças do setor de tecnologia, a companhia chinesa afirma ter a maior plataforma de Internet das Coisas do mundo, com mais de 250 milhões de dispositivos online (sem contar celulares e computadores). Os smartphones super modernos, fones de ouvido bluetooth, smartwatches, robôs aspiradores, plug inteligente para tomada e lâmpadas com sensor de movimento são apenas alguns exemplos desses produtos que tem conquistado cada vez mais usuários mundo afora. 

Além dessas aplicações, a IoT também tem sido utilizada pelos municípios com o intuito de torná-los mais conectadas. Conhecidas como Cidades Inteligentes, essas iniciativas são pautadas pelo uso da tecnologia como meio para levar mais inovação, interatividade e acessibilidade aos espaços urbanos, melhorando assim a qualidade de vida dos cidadãos. No Brasil, Curitiba, Florianópolis, Campinas e Santos são exemplos de cidades que têm utilizado a Internet das Coisas para promover avanços na mobilidade urbana, segurança, iluminação pública, entre outras áreas. 

O que é necessário o funcionamento dessas aplicações?

Ter uma boa conexão com a internet é essencial para aproveitar todos os benefícios que as aplicações baseadas em Internet das Coisas oferece. Portanto, é fundamental contar com um bom serviço de banda larga para usufruir de todas essas facilidades, uma vez que a rede doméstica é a responsável por manter todos os dispositivos conectados. 

Nesse sentido, pesquisar e escolher operadoras e planos capazes de entregar uma conexão estável, segura e com boa velocidade é o primeiro passo que você deve dar. Internet com tecnologia de fibra ótica, por exemplo, é uma das melhores indicações para o bom funcionamento das aplicações de IoT. 

E então, pronto para começar a se beneficiar e realmente fazer com que essa conectividade seja incorporada na sua rotina? Como ter uma banda larga de qualidade é o primeiro passo para atingir esse objetivo, o Portal de Planos criou um material incrível que irá ajudá-lo a escolher a melhor internet fixa do mercado. Não perca tempo e confira hoje mesmo!

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.

internet/internet-das-coisas
4.730