internet23/06/2020 Leitura de 4 min

O que é HTML? Entenda para que ele funciona

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Marcação de código HTML em uma página

HTML é uma sigla para HyperText Markup Language, ou, em português, Linguagem de Marcação de HiperTexto. Porém, só isso não é suficiente para entender o que é HTML e para que ele serve, não é mesmo?

Para solucionar as dúvidas relacionadas a esse e outros termos recorrentes quando o assunto é internet, preparamos uma série de conteúdos. Então faça a leitura desse artigo e entenda o que é HTML, como ele funciona e qual a sua relação com outros termos como CSS e JavaScript!

O que é HTML?

Quando navegamos na internet usando o computador ou dispositivos móveis, não nos damos conta de como todas as informações que vemos são traduzidas de códigos e comandos de programação. No entanto, a maior parte dos conteúdos com os quais interagimos nas páginas da internet são concebidos usando HTML.

HTML, ou HiperText Markup Language, é o que permite criar a estrutura básica de um site na internet. Embora ele não seja propriamente uma linguagem de programação, usando marcações de códigos chamados “Tags”, ele possibilita que informações sejam organizadas e formatadas para dar estrutura e forma à página.

Quando visitamos uma página na web, percebemos que assim como em outras mídias, existem hierarquias entre textos, menus, imagens e vídeos. É exatamente essa distribuição das informações que é estabelecida usando HTML.

A estrutura de uma página criada em linguagem HTML é interpretada, editada e exibida pelos navegadores de internet, conforme os comandos das Tags foram configurados. Dessa forma, é graças à linguagem de HTML e aos navegadores que conseguimos acessar e interagir de forma apropriada com diversos conteúdos online.

Como o HTML funciona?

Por ser uma linguagem baseada em marcações, na programação em HTML são usadas Tags para indicar como a informação marcada deve ser apresentada.

Uma manchete de uma página de um jornal, por exemplo, é marcada com uma Tag chamada h1. Então, na linguagem HTML, a manchete seria inserida assim:

<h1>Título da Manchete</h1>

As marcações “<h1>” e “</h1>” são as tags que indicam que a informação entre elas é um título e, portanto, deve ter formatação diferente do restante do texto. Outro exemplo simples é a marcação utilizada para um parágrafo de texto:

<p>Parágrafo de texto</p>

Desse modo, as tags vão dando orientações ao navegador de internet sobre como as informações devem ser distribuídas e exibidas. Isso diferencia títulos de parágrafos, de links, de menus, etc.

Normalmente, um website contém várias páginas HTML, pois cada subpágina do  site precisa ter sua própria construção em HTML. Por exemplo, uma homepage, uma página de produtos e uma para contato, devem ser concebidas em três construções HTML diferentes.

Qual a relação entre HTML, CSS e Javascript?

HTML é frequentemente associado a outros dois termos: CSS e JavaScript. Essa associação não é por acaso. O HTML, na verdade, é apenas a primeira camada de linguagem usada para o desenvolvimento de páginas web, sendo o CSS e o JavaScript as outras camadas principais.

Vamos então falar um pouco sobre essa diferenciação entre as três camadas de linguagem. Acompanhe!

HTML

A camada construída em linguagem HTML é a primeira e mais fundamental de todas. Ela é responsável por inserir e apresentar as informações textuais do conteúdo e dá significado à toda a página para que as outras camadas possam exercer suas funções.

CSS

O CSS (Cascading Style Sheets) é uma linguagem utilizada para formatar e estilizar o conteúdo das páginas web. Entre outras coisas, ele determina os estilos de texto, cores e design geral da página. Dessa forma, a partir da construção em HTML, o CSS permite que os desenvolvedores dêem mais personalidade às páginas web.

JavaScript

Por fim, o JavaScript é uma camada de linguagem de programação autêntica. O seu papel é dar dinâmica, vida e movimento aos sites. Essa linguagem possibilita as interações e ações entre os visitantes e as páginas. É o JavaScript que permite que sites recebam informações através de formulários, questionários, inscrições de e-mail, etc.

É preciso usar diferentes camadas para separar os códigos e evitar que eles se misturem e interfiram na interpretação dos navegadores. Mas tudo isso fica mais fácil de se entender quando imaginamos que o HTML representa o esqueleto dos sites, enquanto o JavaScript seria os músculos que dão movimento e o CSS as características físicas.

Dessa maneira, fica mais fácil entender o papel do HTML e de outras linguagens utilizadas na construção de websites, não é mesmo?

Se ficou alguma dúvida, ou se você tem outras informações, nos ajude a complementar esse conteúdo deixando o seu comentário abaixo!

Compare e escolha

Quer encontrar o plano de celular ideal?

Confira o nosso Comparador de Planos!
Saiba mais
LinkedinWhatsapp