TV

Atualizado em
Leitura 3 min

SKY gato é crime? Entenda porque essa não é uma boa opção

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Mulher com expressão de dúvida

Ninguém gosta de levar gato por lebre. Mas, se você está pensando em adquirir um SKY gato, pode acontecer exatamente isso com você. Por um lado, a ideia é bastante tentadora: ter acesso a todos os canais da TV por assinatura, sem pagar mensalidade. Por outro… 

Bom, nós vamos explicar todos os problemas do SKY gato, nesse texto — se você decidir comprar um, mesmo assim, fica por sua conta e risco. Mas já adiantamos que ser ilegal é apenas o primeiro deles: os aparelhos do SKY gato podem trazer tantos problemas que, no fim das contas, sai mais barato escolher um pacote da SKY, legalmente.

Antes de tudo, vamos explicar o que é e como funciona o SKY Gato: são aparelhos, vendidos em lojas de variedades por cerca de R$ 1000, mas que prometem dar acesso a todos os canais da TV por assinatura, "de graça". 

Eles são versões falsificadas dos aparelhos da própria SKY, que pirateiam o sinal da operadora por meio de servidores ilegais, na internet. Isso não quer dizer que SKY gato é crime, mas é um grande problema, como vamos explicar a seguir.

Afinal, SKY gato é crime?

Se você está recebendo um conteúdo sem pagar o valor devido por ele, já fica subentendido que se trata de uma prática ilegal. Afinal, cada canal tem custos altos para manter sua programação, assim como a SKY tem custos para manter o sinal funcionando. Portanto, a mensalidade da SKY é o valor justo a se pagar, para ter acesso a um serviço de qualidade. 

Contudo, ainda não há uma lei que proíbe o SKY gato no Brasil. Quem vende os aparelhos pode ser preso e multado, enquadrado na lei de pirataria, mas quem compra ainda não pode ser penalizado. Mas observe que usamos a palavra "ainda" — isso porque, há uma lei sendo analisada no Congresso Nacional, para criminalizar o SKY gato. Se ela for aprovada, a situação pode se complicar também para os usuários.

Enquanto a lei não entra em vigor, as operadoras fazem o que está ao seu alcance para impedir a pirataria: elas modificam seus sinais, criam códigos novos, entre outras ações. Na prática, isso quer dizer que a SKY gato fica travando, isso quando não para de funcionar totalmente.

Quem tem a SKY de verdade sempre recebe as atualizações, mas quem tem o sinal pirata, acaba ficando na mão. Afinal, com quem você vai reclamar da SKY gato fora do ar?

SKY gato fica travando e outros problemas

Mesmo que usar os aparelhos piratas ainda não seja crime, eles causam tantos outros problemas que assinar a SKY de verdade acaba valendo mais a pena. 

O principal problema que gera reclamações entre os donos de SKY gato são os travamentos: a imagem simplesmente congela, do nada. Isso acontece porque, como explicamos, o sinal é pirateado por servidores de internet, que são compartilhados por todos os usuários. 

Nos horários de pico, o servidor fica sobrecarregado e o sinal começa a travar — bem na hora da novela, da nova temporada da série ou daquela final de campeonato, porque é quando tem mais gente assistindo. Naturalmente, isso não costuma acontecer com quem tem a SKY oficialmente — pois o sinal chega via satélite, sem depender da internet.

SKY gato fora do ar

Como explicamos, os canais e a própria SKY estão sempre atualizando os códigos e sinais, para evitar a pirataria. Isso causa outro problema comum dos aparelhos piratas: canais que somem e mudam de lugar, na programação, sem que o usuário tenha mexido em qualquer configuração. Isso quando a SKY gato não para de funcionar, por inteiro. 

Pense em um domingo qualquer, que você quer assistir ao novo episódio daquele reality show, no canal de sempre… mas ele apenas não está lá. Os canais podem voltar, depois de algumas horas ou alguns dias. Ou, então, não voltar mais. 

Caso isso aconteça, o dono do SKY gato precisa chamar a manutenção — e pagar por ela, claro, pois quem vende esses aparelhos não costuma dar muito tempo de garantia — para atualizar o aparelho. No fim das contas, você gasta mais que uma mensalidade da SKY e ainda perde seus programas favoritos.

Programação bagunçada

Outro problema causado pelas atualizações — ou, no caso do SKY gato, a falta delas — é a bagunça na programação. Os usuários dificilmente podem contar com as informações que aparecem na tela sobre os canais, porque elas ficam desatualizadas (e erradas) com muita frequência. Também acontece de canais mudarem de ordem, deixando o dono do SKY gato completamente perdido na própria TV.

Problemas no som e legendas

Na SKY, você pode assistir a muitas séries e filmes na versão dublada ou legendada, como preferir. Já na SKY gato, essa é uma função que não costuma funcionar muito bem: se você ativa as legendas, elas aparecem no tempo errado, totalmente fora de sincronia com o áudio, por exemplo. Em muitos casos, apenas um idioma está disponível, o áudio fica mudo ou fora do tempo da imagem.

Não tem suporte

Como foi mencionado anteriormente, os aparelhos piratas são vendidos de forma ilegal, portanto não tem qualquer garantia ou suporte. Isso quer dizer que se os problemas que relatamos até aqui — SKY gato travando, fora do ar ou com falhas no som — acontecerem com você, não há a quem recorrer. Afinal, não dá para reclamar de um serviço que você não está pagando.

Na SKY oficial, é muito menos comum que esses problemas ocorram. Mas se, por acaso, alguma coisa acontecer, os clientes podem reclamar com o atendimento da SKY. É possível fazer isso com poucos toques na tela do smartphone, no app da operadora ou ligando para a central. Quando ocorrem, os problemas são resolvidos rapidamente. 

Além disso, caso o decodificador da SKY apresente algum problema, a operadora atualiza ou troca o aparelho, sem custo. Quem tem os piratas precisa gastar com manutenção.

O maior perigo do SKY gato

Como mencionado, a SKY gato usa a internet para levar o sinal até os aparelhos. Por isso, quem deseja ter um aparelho desse precisa compartilhar seu wi-fi com a rede ilegal da SKY gato. 

Isso faz com que sua internet fique muito vulnerável a invasões de criminosos — e seus dados pessoais também. Se você usa o aplicativo do banco no celular, com o wi-fi, pode ter sua senha roubada, por exemplo. 

Conclusão: SKY gato vale a pena?

Ter um aparelho pirata da SKY é uma aposta de alto risco: até pode vale a pena, mas se você der sorte de comprar um aparelho que não dê problema, não faça você gastar com manutenção — e se você não se importar com as falhas no sinal, é claro. 

Porém, fazendo as contas, só o preço do aparelho e a taxa da instalação já pagam muito tempo da mensalidade da SKY: o aparelho pode demorar anos para se pagar — e estragar antes disso. 

Ou seja, gastando praticamente a mesma coisa, você vai ter acesso ao sinal oficial da SKY, sem falhas e sem dor de cabeça. Caso tenha alguma dúvida ou ocorra algum problema, você terá suporte 24 horas

A nossa conclusão é que as dores de cabeça fazem com que o SKY gato não valha a pena. Até porque os planos da operadora estão cada vez mais acessíveis: há opções pré-pagas a partir de R$ 13,90

Você concorda com essa análise? Deixe seu comentário!

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.