Convênio Médico – Planos, Valores, Redes Credenciadas e Informações Importantes

Quer informações sobre um convênio médico?

Está precisando contratar ou conhecer os melhores planos e preços?

Quer um convênio médico para pessoa física ou empresarial?

Então você está no lugar correto e nós do Portal de Planos iremos lhe ajudar.



Sabemos da importância de cuidarmos da nossa saúde e ter um plano de saúde é essencial em caso de imprevistos e urgências, e também para quem necessita de algum acompanhamento específico. Por isso, na hora de contratar é importante que você esteja atento aos “poréns” e as letras pequenas do contrato.

Nesse artigo iremos abordar diversos aspectos dos convênios médicos mais populares e lhe dar algumas dicas para que você não erre na hora de escolher. É só continuar a leitura!

Veja os tópicos serão abordados:

#1 – Convênio médico – O que é e como funciona
#2 – Convênio médico – Preços
#3 – Convênio médico – Tipos de planos
#4 – Coisas que você precisa saber antes de contratar


 

#1 – Convênio médico – O que é e como funciona

convenio-medico

O convênio médico é um serviço oferecido por empresas privadas, com a intenção de prestar atendimento médico e hospitalar ao conveniado.

Existem basicamente 3 tipos de convênios que iremos abordar abaixo:

1 – Empresariais: Esses convênios podem ser oferecidos ao funcionário de uma empresa que tem parceria com uma operadora de planos de saúde. O funcionário tem direito a escolher ou não a adesão do plano oferecido por sua empresa.

2 – Pessoa física/familiar: Existe também a possibilidade de contratação de um convênio sem fazer parte uma empresa, que seria o convênio médico pessoa física (individual e familiar).

3 – Convênio médico coletivo por adesão: Pode ser contratado por uma associação ou grupo específico de profissionais (entidade de classes). Este é semelhante ao empresarial.


Através desses convênios você tem atendimento médico diferenciado em uma ampla redes de credenciados, que é oferecida pela empresa que foi contratada.

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) estabelece alguns padrões de serviços que um convênio médico é obrigado a cumprir. Esses padrões foram estabelecidos de acordo com cada tipo de plano. Por isso fique atento ao plano que escolher, para evitar problemas futuros, como pensar que tem direito a um tipo de serviço e na verdade não tem. Falaremos mais à respeito no tópico #5.

Você pagará uma mensalidade pelo convênio e se for contratado através da empresa que você trabalha ou trabalhou, possivelmente o valor será menor do que um convênio individual (pessoa física). Grande parte das empresas não vendem mais planos individuais, somente empresarias.

Tanto nos planos individuais/familiar como nos empresariais/coletivo por adesão, você poderá incluir familiares nos planos, de acordo com o que diz o contrato, e pagará por cada pessoa incluída.

Os planos também podem ser regionais ou nacionais e até mesmo internacionais.
teste-de-velocidade-de-conexão-da-internet

Antes de contratar, esteja atento, pois se você não costuma viajar não é viável escolher um plano nacional, sendo que pagará mais caro do que por um plano regional.

Os planos costumam possuir carência, que é o período que você deve esperar após assinar o contrato para poder utilizar os serviços do convênio. A ANS define os períodos MÁXIMOS para carência.

  • 24h para emergência/urgência.
  • 180 dias para cirurgias e procedimentos de alta complexidade e internações.
  • 300 dias para parto.

Algumas operadoras costumam oferecer prazos menores de carência para tornar os planos mais atrativos e isto deverá ser especificado no contrato. No tópico #5 falaremos mais à respeito.

 

#2 – Convênio médico – Preços





Os preços podem variar de acordo com o tipo de plano ou empresa escolhida para o convênio. Cotamos preços de 9 empresas de convênio individual/familiar com cobertura regional para o plano básico (acomodação: enfermaria) . Veja as médias de valores abaixo:

  • de 0 a 18 anos – média de R$ 124,22 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 82 e R$ 199.
  • de 19 a 23 anos – média de R$ 137,31 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 94,80 e R$ 199.
  • de 24 a 28 anos – média de R$ 158,59 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 105,10 e R$ 219,01.
  • de 29 a 33 anos – média de R$ 172,72 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 112,00 e R$ 239.
  • de 34 a 38 anos – média de R$ 194,60 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 138,07 e R$ 262,81.
  • de 39 a 43 anos – média de R$ 216,99 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 138 e R$ 262,81.
  • de 44 a 48 anos – média de R$ 306,77 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 179 e R$ 507,22.
  • de 49 a 53 anos – média de R$ 358,96 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 209 e R$ 507,22.
  • de 54 a 58 anos – média de R$ 451,01 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 281,22 e R$ 616,74.
  • mais de 59 anos – média de R$ 636,47 por pessoa no plano básico. Os planos variam entre R$ 393,70 e R$ 870.

Conheça nosso artigo completo de plano de saúde empresarial com média de valores para os planos.

 

#3 – Convênio médico – Tipos de planos

convenio-medico

Quando for escolher um plano para você ou para você e sua família, esteja atento à cobertura que o plano oferece, que está ligada ao tipo de plano contratado. Pode ser: ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico.

Nem todos os planos possuem direito a internação hospitalar. Somente os planos do tipo hospitalar com ou sem obstetrícia ou plano de referência dão direito a internação. Você deve consultar o seu tipo de plano e ver se há direito do serviço.

Verifique também a rede de credenciados que o seu plano oferece. Através dela você saberá em quais hospitais, clínicas e laboratórios você poderá ser atendido.

Se o seu convênio descredenciar um hospital da sua rede ele deverá avisá-lo com 30 dias de antecedência e substituí-lo por um equivalente, a não ser que haja algum tipo de fraude ou bloqueio pela vigilância sanitária ou fiscal. Se a operadora não substituir o hospital descredenciado por um equivalente deverá receber autorização da ANS para a diminuição da rede e após isso avisar ao conveniado.

Nos planos regidos pela Lei 9.656 é determinada a cobertura de órteses, próteses e seus acessórios que necessitam de cirurgia para implantação. Já a mesma lei não dá obrigatoriedade de cobertura à esses tipos de serviços não ligados ao ato cirúrgico.


 

#4 – Coisas que você precisa saber antes de contratar

convenio-medico

Antes de aderir a um plano de saúde você precisa estar muitoooooo atento a diversos detalhes que iremos abordar nesse último tópico.

O “mais essencial” é solicitar uma cópia do contrato e lê-la atentamente para tirar todas as suas dúvidas à respeito do serviço que irá contratar. Verifique atentamente os prazos de carência, tipo de cobertura do convênio, rede e médicos credenciados, valores, se possui fidelidade (é o prazo que você precisa cumprir para não pagar multa no caso do cancelamento do contrato), o valor do reajuste do plano para renovação…

Não leve em consideração somente o valor do convênio médico, mas sim todos os fatores que abordamos acima, pois como vimos no tópico #2 os preços alternam bastante, bem como a qualidade dos serviços oferecidos.

Os planos individuais ou familiares tem o valor de reajuste máximo estabelecido pela ANS. Esse reajuste pode ser de acordo com a faixa etária ou anual. A desvantagem dos planos coletivos é que o ajuste anual não tem valor definido pela ANS e por isso pode haver cobranças exorbitantes quando acontecer o reajuste. Informe-se sobre os reajustes feitos nos últimos anos pela operadora.

Para saber se a operadora é confiável, peça a ela o número de registro e do plano na ANS. Com esse número em mãos você poderá consultar, conferir dados, desempenho e sua posição no ranking de reclamações da ANS. Com o número em mãos é só clicar aqui e conferir.

Esperamos que faça a escolha certo do seu convênio médico. Se esse artigo te ajudou, comente abaixo e compartilhe nas redes sociais para que outras pessoas sejam ajudadas. Abraço!

teste-de-velocidade-de-conexão-da-internet

Leia também