Dicas

Atualizado em
Leitura 4 min

Melhores filmes: 5 clássicos do cinema na Netflix

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Por Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Melhores filmes: controle remoto apontado para uma televisão cheia de opções de canais

Não é de hoje que parte do nosso momento de lazer consiste em assistir filmes e com as plataformas de streaming essa prática ficou ainda mais acessível. Independentemente do gênero, sempre tem aquele filme que lembra uma fase da sua vida ou que foi um sucesso de bilheteria gigantesco, não é?

Quer revisitar alguns dos melhores filmes clássicos que estão na Netflix? Preparamos uma lista com 5 opções incríveis para você assistir no final de semana ou naquele final de tarde, para se emocionar, relaxar e se divertir. Confira!

1. Dirty Dancing: Ritmo Quente (1987)

Cena do filme Dirty Dancing - RItmo Quente

Não poderíamos começar a nossa lista de filmes clássicos sem citar este aclamado romance dos anos 80. O filme, ambientado em um verão de 1963 no resort localizado na pacata cidade de Catskills, retrata a história da jovem Francis Houseman — a “Baby” — e o instrutor de dança Johnny Castle, que trabalha no resort.

Juntos, eles se descobrem por meio da dança que, com um ritmo mais sensual do que o habitual para aquela época, gera furor entre os hóspedes do resort e, principalmente, os pais de Baby. 

Por que o filme se tornou um clássico?

Em uma época em que as narrativas românticas no cinema retratavam histórias com viés inocente, Dirty Dancing escancarou um amor mais sensual entre um homem e uma mulher sem, no entanto, perder o tom romântico e inocente. Além disso, existe um mérito à parte para a trilha sonora premiada: o filme levou o Oscar de melhor canção original por “I’ve had the Time of My Life”, música central da história e que, até hoje, é lembrada.

2. Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Outro clássico dos anos 80, o filme Sociedade dos Poetas Mortos se tornou uma referência pelo roteiro provocador, que discute os limites da repressão parental e mostra o poder da educação e da arte como formas de construção da nossa personalidade.

A história, que se passa num internato para garotos adolescentes em 1959, nos Estados Unidos, mostra o percurso de autoconhecimento dos alunos Todd e Neil e a relação que constroem com o professor Keating, papel que imortalizou o ator Robin Williams no cinema.

Por que o filme se tornou um clássico?

Além de eternizar Robin Williams, o filme traz como mensagem central a importância de não se conformar com aquilo não nos faz sentido, incentivando o desenvolvimento do pensamento crítico e do autoconhecimento como caminho para amadurecimento e felicidade. Em uma história ambientada em um lugar de extrema repressão — vista, inclusive, como contemporânea à nossa —, a desconstrução proposta no roteiro nos ensina e muito!

3. Curtindo a Vida Adoidado (1986)

Curtindo a Vida Adoidado (1986)

Cansado da rotina? Invente uma doença e quebre as regras. Pelo menos, é o que decide fazer o adolescente Ferris Bueller, que convence a namorada e o melhor amigo a pegarem a Ferrari do seu pai e sair por aí curtindo a cidade de Chicago. Ele só precisa escapar do diretor do colégio e de sua irmã, que desconfiam de seus planos.

Por que o filme se tornou um clássico?

Um dos principais pontos, com certeza, são as cenas icônicas de Ferris cantando no chuveiro ou dublando Twist and Shout, dos Beatles, no meio de um desfile de rua. É uma grande mistura de aventura e comédia! Mas há também um outro destaque: o fato de que o personagem se tornou um ícone do seu período, representando a transgressão e liberdade.

4. Convenção das Bruxas (1990)

Convenção das Bruxas (1990)

Luke é um menino de 10 anos que, depois de sofrer com a morte do pai, é levado pela avó para passar uma temporada em um hotel na Inglaterra. Ao chegar lá, ele descobre que o local está sediando uma convenção de bruxas que planejam transformar todas as crianças do mundo em ratos

Decidido a impedi-las, Luke acaba sendo descoberto e transformado no roedor. Ainda assim, isso não o impede de parar com o plano da senhorita Eva Ernst, a líder da convenção.

Por que o filme se tornou um clássico?

O filme trouxe efeitos especiais muito ousados para a época, brincando com imaginário de todas as crianças dos anos 90 que assistiram à história. É um filme divertido, que costumava passar no SBT ou na Globo e que marcou uma geração.

5. Ghost: O Outro Lado da Vida (1990)

Ghost: o outro lado da vida (1990)

Sam Wheat e Molly Jensen são um casal apaixonado que acabou de comprar sua casa em Nova York. Esse sonho é interrompido, bruscamente, depois que Sam é assassinado em uma tentativa de assalto que sofrem quando estavam saindo de uma apresentação de teatro. Mesmo morto, o espírito Sam continua neste plano e, com a ajuda da médium Oda Mae Brown, tenta se comunicar com sua esposa para avisá-la dos perigos que corre.

Por que o filme se tornou um clássico?

A história se consagrou no cinema pela atuação dos protagonistas Demi Moore,  Patrick Swayze e Whoopi Goldberg, com cenas icônicas como a Sam e Molly moldando juntos uma escultura de cerâmica. O filme ainda faturou duas estatuetas do Oscar: a de melhor atriz coadjuvante para Whoopi e de melhor roteiro original.

Quero ver todos os filmes! E agora?

Você se apaixonou por alguns dos filmes desta lista e quer assistir na Netflix? A primeira atitude que você precisa tomar antes mesmo de assinar o serviço, é a de conferir o seu plano de internet. Afinal, é preciso ficar de olho nesse ponto para conseguir ver os filmes sem passar por estresses relacionados à lentidão de carregamento dos vídeos, por exemplo.

Escolhido o plano, é só contratar a Netflix, aproveitar o catálogo de melhores filmes, preparar a pipoca, chamar os amigos e iniciar a sessão de clássicos do cinema em grande estilo! Afinal, quem é que não gosta de um bom filme antigo?

O que você achou dessas dicas? Curtiu? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e indique os filmes para seus amigos também!

Quem escreve

Gabriela Resende, jornalista de Portal de Planos

Gabriela Resende

Jornalista — Portal de Planos

Graduada em Relações Internacionais (Uni-BH) e Jornalismo (PUC-MG), Gabriela Resende é jornalista do Portal de Planos e apresentadora do nosso canal no Youtube. Por acreditar na importância do acesso à informação, Gabriela produz nossos conteúdos para que você possa, de forma simples e clara, fazer a escolha dos seus planos de telecomunicações e entender mais sobre tecnologia.